Atuação em todo Brasil

Segurança, LGPD e a evolução da computação em nuvem 

O ano de 2023 marcou uma fase crucial para a interseção entre segurança da informação, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e a computação em nuvem. O setor de Tecnologia da Informação enfrentou desafios significativos, mas também testemunhou avanços substanciais. A preocupação com a segurança da informação alcançou novos patamares à medida que empresas de todos os tamanhos intensificaram seus esforços para proteger dados sensíveis, adotando abordagens proativas, implementando tecnologias como inteligência artificial e machine learning para identificar e mitigar ameaças em tempo real.

A Lei Geral de Proteção de Dados, em vigor desde 2020, ganhou ainda mais relevância em 2023, pois as empresas ajustaram suas práticas para estar em conformidade, não apenas como uma obrigação legal, mas reconhecendo os benefícios associados à transparência e confiança do consumidor. A conscientização sobre a importância da privacidade cresceu, impulsionando o desenvolvimento de ferramentas e políticas para garantir o tratamento adequado dos dados pessoais.

A computação em nuvem continuou sua ascensão neste ano, tornando-se uma pedra angular para operações empresariais eficientes. A demanda por serviços de nuvem cresceu exponencialmente à medida que mais empresas migraram suas infraestruturas locais para ambientes virtualizados. No entanto, essa expansão também trouxe consigo desafios, especialmente em relação à segurança e conformidade com regulamentações como a LGPD.

Importante ressaltar que a criptografia ponta a ponta, a autenticação multifatorial e a detecção comportamental ganharam destaque. Fornecedores de serviços em nuvem também intensificaram seus esforços para oferecer controles granulares de acesso e ferramentas de monitoramento avançadas, ajudando as organizações a proteger seus dados sensíveis.

À medida que nos aproximamos de 2024, espera-se que a convergência entre segurança, LGPD e computação em nuvem continue a evoluir. Aumentará a integração de tecnologias emergentes, como blockchain, para reforçar a autenticidade e a rastreabilidade dos dados. A colaboração entre setores público e privado será essencial para estabelecer padrões robustos de segurança e regulamentação, pois é preciso equilíbrio entre a inovação e proteção de dados que promete moldar o cenário tecnológico e influenciar o modo como empresas e consumidores interagem com a tecnologia.

Jefferson Farias, CEO da Golden Cloud. 

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram