Atuação em todo Brasil

Proteção de dados e aplicativos de celular: dicas essenciais para prevenir ataques cibernéticos

Uma das orientações é ativar, principalmente em apps de bancos, a autenticação multifator, que é a verificação de mais dados, como o reconhecimento facial, para obter o acesso.

Em uma sociedade cada vez mais digital, a segurança da informação tornou-se uma preocupação prioritária. Com os frequentes ataques cibernéticos, proteger os dados pessoais e aplicativos de celular tornou-se uma tarefa indispensável para garantir a privacidade, a integridade das informações pessoais e profissionais, e para se resguardar de golpes online. Na prática, a segurança da informação é uma responsabilidade compartilhada entre o usuário e os provedores de serviços, destaca Jefferson Farias, CEO da Golden Cloud Technology, e para ajudar os usuários comuns a estarem bem preparados para enfrentar os desafios da era digital, ele apresenta algumas dicas:

1. Mantenha o sistema operacional e aplicativos atualizados

A medida evita vulnerabilidades, já que as atualizações incluem correções de segurança que fortalecem a proteção contra ameaças recentes.

2. Use senhas fortes e Autenticação Multifator (AMF)

Opte por senhas complexas e únicas para cada conta, combinando letras maiúsculas e minúsculas, números e caracteres especiais. Além disso, ative, principalmente em aplicativos de bancos, a Autenticação Multifator (AMF), que é a verificação de mais dados (biometria digital, biometria facial, reconhecimento de voz etc.) para obter o acesso.

3. Evite usar wi-fi público desprotegido

Redes wi-fi públicas são alvos fáceis para hackers. Quando estiver em trânsito e precisar fazer transações financeiras ou acessar informações sensíveis não use essas redes, opte por usar uma conexão VPN confiável para criptografar seus dados.

4. Instale um antivírus e aplicativos apenas de fontes confiáveis

Utilize em seu celular um software antivírus com credibilidade e baixe aplicativos somente de fontes oficiais, como a loja de aplicativos do seu sistema operacional. Antes de fazer o download, verifique as avaliações e comentários.

5. Faça backup regularmente

Faça backup de seus dados importantes em um local seguro, como um serviço de armazenamento em nuvem confiável ou um dispositivo externo, como um HD, Retire-o após o término do backup para evitar que algum ransomware encripte o dispositivo. Com isso, em caso de ataque, você poderá recuperar suas informações sem grandes perdas.

6. Evite utilizar portas USB’s em aeroportos.

O Juice Jacking basicamente permite que os invasores roubam dados ou infectam dispositivos conectados às centrais de carregamento elétrico por USB.

Além das medidas que os usuários podem colocar em prática individualmente, existem as tecnologias que atuam nos bastidores do funcionamento de programas e aplicativos. “Um dos recursos em maior evidência na computação em nuvem é a inteligência artificial, que é capaz de analisar grandes volumes de dados, identificar padrões, reconhecer os primeiros sinais que saem desses padrões e que caracterizam as ameaças. Assim, é possível prevenir ataques antes mesmo que eles ocorram”, comenta o CEO da Golden.

Outro recurso de proteção que atua sem percepção direta do usuário é a criptografia de dados, que torna as informações ilegíveis mesmo que um invasor acesse os dados, pois para conseguir a leitura ele precisaria da chave de descriptografia correta. Jefferson Farias acrescenta que há também o controle de acesso com rigor na autenticação e autorização de login; e, ainda, sistemas robustos de backup e recuperação de dados com capacidade de garantir a disponibilidade dos dados em caso de desastres.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram